Como combinar as cores para sala

Além de deixar o ambiente mais bonito, a decoração é responsável por torná-lo agradável e aconchegante. Quando pensamos na sala de estar, essa última função é ainda mais importante, pois o local é usado tanto para receber as visitas quanto para ficar jogado no sofá assistindo TV em um dia de folga.

Saber combinar as cores é fundamental para conseguir utilizar a decoração da sala para transmitir a sensação desejada. Nesse post, nós separamos algumas dicas que vão ajudá-lo na hora de pintar o cômodo.

Regras para escolher a tinta para a sala

Não existe qualquer mandamento sagrado sobre as tonalidades que devem ser utilizadas na sala. A escolha deve ser realizada de acordo com o gosto pessoal e sensação que os moradores desejam que o ambiente transmita. Um exemplo bem simples é o uso do branco para criar a percepção de que o cômodo é maior, o que é fundamental para quem mora em apartamento com pouco espaço.

Na hora de escolher as cores é preciso se preocupar apenas com dois pontos: capacidade de produzir o efeito desejado e a harmonização entre elas e os demais itens de decoração do ambiente.

Utilize o círculo cromático para harmonizar as cores

Essa ferramenta é indispensável para qualquer pessoa que deseje combinar as cores de forma profissional. O círculo cromático permite escolher as tonalidades que harmonizam melhor, tendo como base a posição delas dentro do instrumento. Ele é composto pelas cores primárias, azul, vermelho e amarelo; secundárias, verde, laranja e roxo e terciárias, azul esverdeado, azul violeta, amarelo esverdeado, amarelo alaranjado, vermelho alaranjado e vermelho violeta.

Dentro do círculo cromático existem as cores complementares e as harmoniosas. No caso das primeiras, elas se encontram em lados opostos da ferramenta. Esse tipo de combinação provoca um realce visual criado pelo contraste em as duas tonalidades. O resultado dessa combinação é bem interessante.

Já as cores harmoniosas são aquelas que pertencem à mesma família cromática. Elas são encontradas entre as primárias. Quem optar por essa harmonização deve tomar cuidado na hora da combinação, pois exageros podem prejudicar o equilíbrio do cômodo.

Criando sensações com a decoração

Mais do que efeitos estéticos, as cores modificam completamente a forma como percebemos o ambiente a nossa volta. Como foi dito anteriormente, tonalidades claras e pastéis ajudam a ampliar o ambiente, já cores fortes e intensas terão o efeito contrário.

Dessa forma, o amarelo é a melhor escolha para tornar o ambiente mais vivo e alegre. O azul, por outro lado, é usado para transmitir calma e tranquilidade. Já o vermelho é uma cor estimulante, usado para trazer um clima inquietante e criativo para o local, porém, é preciso usar essa cor com cautela, para não tornar o cômodo angustiante.

Esse post foi útil para você? Compartilhe nas redes sociais com os seus amigos.